Sem ágio, quase sem estrangeiras e com Petrobras protagonista, megaleilão do pré-sal arrecada só 66% do previsto - Rota Notícias

[Fechar]

Prefeitura-01

Notícias Recentes

Sem ágio, quase sem estrangeiras e com Petrobras protagonista, megaleilão do pré-sal arrecada só 66% do previsto


Realizado nesta quarta-feira (6), o megaleilão do pré-sal frustou a expectativa de quem esperava um certame com alta participação de petrolíferas estrangeiras. Das quatro áreas ofertadas para a exploração do chamado “excedente da cessão onerosa” (entenda o que que estava em jogo), apenas duas foram arrematadas, a de Búzios e a de Itapu, com percentuais de 90% e 100% de participação da Petrobras.

As áreas de Atapu e de Sépia não receberam propostas. Grandes petrolíferas estrangeiras como as americanas ExxonMobil e Chevron e a anglo-holandesa Shell estavam inscritas para a disputa, mas não apresentaram lances.

Ao todo, serão arrecadados R$ 69,9 bilhões dos R$ 106,5 bilhões previstos, cerca de 66% do total projetado. Apesar disso, este ainda é o maior leilão em termos de pagamento de bônus de assinatura, valor que é pago para o fechamento do contrato. Segundo o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, todos os valores pagos em rodadas semelhantes entre 1999 e 2019 somavam em torno de R$ 62 bilhões.

Tanto Búzios como Itapu receberam uma única oferta cada uma, a vencedora. Não houve ágio em relação ao valor mínimo estabelecido. A União receberá em petróleo apenas os percentuais pré-definidos, que são o equivalente a 23,24% da proposta para a área de exploração de Búzios e de 18,15% para a de Itapu. Em Búzios, as sócias da Petrobras serão as chinesas CNOOC e CNODC, com 5% cada uma. Em Itapu, ela entrou sozinha.

Mercado. Diante da frustração da expectativa de que o leilão atraísse o aumento de investimentos estrangeiros para o Brasil — ou seja, a entrada de moeda estrangeira –, a cotação do dólar comercial disparou e subia 1,62% às 12h18, cotado a R$ 4,05 A moeda havia encerrado a terça-feira a R$ 3,99.

Nenhum comentário:

Postar um comentário