10 dos 11 vereadores vão caminhar com Francisqueto nas eleições - Rota Notícias

[Fechar]

Prefeitura-01

Notícias Recentes

10 dos 11 vereadores vão caminhar com Francisqueto nas eleições



Foto: Montagem/BAHIA DIA A DIA - 10 dos 11 vereadores vão caminhar com Francisqueto nas eleições
De olho nas eleições municipais de outubro, vereadores de Itabela pretendem tentar mais um mandato. Para isso, eles costuraram novos acordos e trocaram de legendas. Os parlamentares aproveitaram o prazo da janela partidária que foi até sexta-feira (03/04) e migraram sem perder o cargo ou sofrer punições. A data marca os seis meses que antecedem o pleito.

Três partidos da base aliada ao grupo político do prefeito Luciano Francisqueto ficaram com 10 dos 11 vereadores da casa. Eles vão seguir no grupo que irá buscar a reeleição do gestor.

Do total, os seis vereadores que eram da oposição migraram de sigla. O levantamento foi feito pelo BAHIA DIA A DIA consultando os próprios parlamentares.

A legenda Republicanos (ex PRB) recebeu mais dois vereadores. O PP recebeu três e o PROS recebeu um. Outros dois veadores do Republicanos e outros dois do PROS permaneceram nas legendas. Já o grupo de oposição ficou com um vereador.
Veja como ficou:
- Rony Charles 
O vereador Rony Charles que vai tentar seu segundo mandato na câmara foi eleito pelo PRP na chapa da oposição com 410 votos. Ele migrou para Republicanos.
Rony Charles deixa o PRP e migrou para Republicanos. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA)
Rony Charles deixa o PRP e migrou para Republicanos. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA)

- Reinaldo da Feira.
O vereador Reinaldo da Feira era o único representante do MDB que foi eleito pela sigla por dois mantados do legislativo. Ele deixou a legenda que é ligada ao ex-prefeito Osvaldo Gomes Caribé e migrou para o PROS. A ida do vereador deixou o MDB sem representante na câmara e representa a extinção da sigla no legislativo.
Reinaldo da Feira deixou o MDB e foi para o Republicanos. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA)
Reinaldo da Feira deixou o MDB e foi para o Republicanos. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA)
- Dorival do Ouro Verde
Vereador Dorival do ouro verde era o único parlamentar com mandato pela sigla do PSB, grupo de oposição ao atual prefeito. Ele foi o vereador mais votado nas eleições de 2016 com 700 votos. Ele deixou a legenda e foi para o Republicanos.
Dorival do Ouro Verde deixou o PSB e foi para o Republicanos. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA)
Dorival do Ouro Verde deixou o PSB e foi para o Republicanos. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA)
- Gordo
Um dos vereadores mais experientes da Câmara com 8 mandatos, o vereador Antônio Veloso deixou o PRP e foi para o PP. A ida de Gordo representou uma forte perda para o grupo de oposição que contava com o apoio de todo o grupo político. Gordo tem seu mandato voltado à indicação de importantes projetos e aos anseios da população carente.
Gordo deixa o PRP e foi para o PP. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA )
Gordo deixa o PRP e foi para o PP. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA )
-- -  - Sônia França
A única mulher à frente do legislativo no município, a vereadora Sônia França também migrou de legenda. Ela deixou o DEM, foi para o PP e pretende seguir para seu segundo mandato. Sônia tem a base do seu marido e ex-vereador Lúcio França que também é ex-secretário de saúde do município. Com um trabalho voltado para as áreas da saúde e com indicações de projetos na casa.
Sônia França deixa o DEM e foi para o PP. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA)
Sônia França deixa o DEM e foi para o PP. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA)
O presidente da câmara, Joaldo Mototáxi e o vereador Alex da Pax, permaneceram no Republicanos e disputarão o segundo mandato. Giancarlos Malacarne e Professor Renato também permaneceram no PROS.

- Pedro Dapé
Outra grande conquista do grupo do prefeito e uma articulação inesperada, foi o apoio do vereador Pedro Dapé, que era tido como uma grande aposta do grupo da oposição. Ele é tio de Junior Dapé, ex-prefeito por dois mandatos do município. Pedro Dapé deixou PSDB e foi para o PP que é ligado ao deputado federal Ronaldo Carletto. Pedro está em seu segundo mandato e seguindo as orientações da base política da família tem conquistado grande espaço.
Pedro Dapé deixa o PSDB e vai para o PP. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA)
Pedro Dapé deixa o PSDB e vai para o PP. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA)

- Alencar da Rádio
Um dos parlamentares mais polêmicos da casa por seu discurso crítico foi o único que foi para o lado opositor. Alencar que está em seu segundo mandato deixou o PP e migrou para o PSB. Apesar de ter ido para oposição, nos bastidores o comentário é que Alencar não fará campanha contrária a Francisqueto.
Alencar Arrabal deixa o PP e vai para o PSB. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA)
Alencar Arrabal deixa o PP e vai para o PSB. (Foto: Arquivo/BAHIA DIA A DIA)

FIM DAS COLIGAÇÕES

A decisão pelo uso da janela partidária leva em conta uma das principais alterações nas regras eleitorais das eleições de 2020 que é o fim das coligações para a disputa proporcional. Com ela, cada partido deve formar sua própria chapa de vereadores para sozinha tentar alcançar o quociente eleitoral. Isso pode imprimir uma nova dinâmica nas eleições e no interior dos partidos. As direções partidárias terão que fazer uma seleção dos seus mais competitivos candidatos para lançá-los, sem que eles concorram com outras candidaturas do mesmo partido.

Matéria: Site Bahia dia a dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas