Dicas de Viagem: Conheça as 10 praias no Sul da Bahia - Rota

[Fechar]

Prefeitura-01

Notícias Recentes

Dicas de Viagem: Conheça as 10 praias no Sul da Bahia

 Você gosta de agitação, tranquilidade, cultura, natureza ou aventura? Independentemente da sua resposta, as praias no Sul da Bahia têm sempre algo a oferecer para qualquer viajante. 

A seguir, conheça opções incríveis dessa região!

1 – Porto Seguro



Apelidado de Terra Mãe do Brasil, Porto Seguro é um  dos destinos mais incríveis do litoral Sul da Bahia! A  sua capacidade praticamente incomparável de reunir belezas naturais, construções históricas e vida noturna encanta qualquer turista.

Outra grande vantagem de Porto Seguro é que a cidade possui o seu próprio aeroporto, que fica próximo do centro e da rodoviária. 

Para quem vai em busca de história e cultura, o centro histórico, que é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan), é um prato cheio. 

Por lá, é possível visitar o Marco do Descobrimento (1506), o Museu de Porto Seguro (1756), que conta com um acervo de artefatos indígenas e embarcações portuguesas, além da Igreja Nossa Senhora da Penha (1535), padroeira da cidade, entre outras atrações. 

As praias são a principal atração de Porto Seguro. O destaque fica por conta da Praia de Taperapuã, de águas calmas e areia fina, e a de Mutá, uma praia calma e sossegada, ideal para quem quer tranquilidade. 

Além disso, quem vai a Porto Seguro não pode deixar de fazer o passeio do Recife de Fora, que está a 45 minutos de escuna da cidade. Ali se encontra uma importante reserva natural que abriga diferentes tipos de recifes de corais, peixes, tartarugas marinhas e outras espécies aquáticas. O passeio só é feito quando a maré está baixa e é propício para a prática de snorkel.

2 – Trancoso



Trancoso é um distrito do município de Porto Seguro, a cerca de 47 km da cidade, e está localizado em uma região conhecida como Costa do Descobrimento. Para chegar até Trancoso é preciso pegar uma balsa que sai de Porto Seguro, ou partir de Arraial D’Ajuda. 

Por ser mais afastado, é o destino preferido de pessoas que procuram sossego e/ou discrição. Por isso, sempre tem alguma celebridade por lá! 

As praias de Trancoso são fascinantes e podem ser facilmente percorridas a pé. O ideal é fazer esse percurso quando a maré estiver baixa, pois a areia fica mais firme para caminhar. Ao sul estão as praias do Espelho e Itapororoca, que possuem uma paisagem incrível, piscinas naturais e são mais sossegadas. 

As praias do Rio da Barra e do Taípe, já na divisa com Arraial D’Ajuda, são praticamente desertas e contam com pouca infraestrutura. Já para quem prefere agitação, vale a pena ficar na praia dos Nativos e Coqueiros, com restaurantes à beira-mar e um clima de festa. 

Além das praias, outro ponto interessante de Trancoso é a Praça São João, mais conhecida como Quadrado. As casinhas coloridas que a rodeiam abrigam bares, restaurantes e lojas que promovem encontros entre moradores e turistas.


3 – Caraíva



Caraíva é outra vila encantadora do litoral Sul da Bahia e que também é um distrito de Porto Seguro. Atualmente, seus 700 habitantes veem a região se tornar cada vez mais visada por turistas de todo o mundo.

As cidades mais próximas de Caraíva são Trancoso e Porto Seguro, e o trajeto é feito de balsa. Quem sai de Trancoso precisa atravessar o rio Buranhém de balsa, para então pegar o transporte rodoviário até Caraíva.

Dá para conhecer Caraíva em um bate-volta, mas o melhor é ficar alguns dias por lá já que o trajeto até o vilarejo é mais complicado, com balsas e estradas menores. 

As grandes atrações do local  são as belezas naturais e o charme rústico. Aproveite a viagem  para contemplar paisagens preservadas e descansar em pousadas administradas pelos moradores locais.

Quem rouba a cena da vila é o Rio Caraíva. A praia da Barra, a 5 minutos do vilarejo, é considerada uma das melhores praias da Bahia e do Brasil e é onde ocorre o encontro entre rio e mar, um cenário deslumbrante. 

Para quem gosta de um lugar mais sossegado e sem tanta gente, vale a pena visitar a praia do Satu e do Camarão, a 4 km da vila de Caraíva. As duas praias contam com piscinas naturais, falésias e duas lagoas, uma de água doce e outra de água salgada.

A cerca de 30 minutos da vila e de barco está o Centro Cultural Pataxó do Porto do Boi, comunidade de 20 mil indígenas Pataxós que recebe a visitação de quem quer ter uma vivência ao lado dos povos originários, conhecer a sua cultura e seus costumes.

4 – Arraial d’Ajuda



Apesar de ficar pertinho de Porto Seguro, Arraial d’Ajuda é completamente diferente da vizinha mais famosa. Por lá, predomina um clima de cidade pequena que atrai casais em busca de tranquilidade e romance.

Para ter acesso à cidade é preciso viajar até Porto Seguro ou Trancoso e atravessar o Rio Bunharém de balsa, um trajeto que dura cerca de 5 minutos. Vários transportes fazem a travessia da balsa, como táxi, van, transfer oferecido pelos hotéis, uber, carro, a pé etc. Para quem vem de Porto Seguro, contrate o transporte direto do aeroporto. 

Acessível para todos os bolsos, o charme de Arraial d’Ajuda fica por conta da Rua Mucugê, cheia de lojinhas e restaurantes encantadores. No centro da cidade também está a Igreja Matriz de Nossa Senhora D’Ajuda, de 1551 e tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. 

O mar de Arraial também é um show à parte. As praias dos Pescadores, Mucugê e Parracho possuem piscinas naturais e uma paisagem de tirar o fôlego. Já a praia da Pitinga oferece lagoas de água doce, sossego e tranquilidade.

É na cidade que fica também o Arraial d’Ajuda Eco Resort, que conta com o Eco Park, um parque aquático cheio de atrações para toda a família. 


5 – Prado



Prado é uma ilustríssima vizinha de Porto Seguro. Sua linha costeira tem mais de 84 km de extensão e a cidade é considerada como o Caribe do Nordeste, o que faz dela um dos roteiros no sul da Bahia mais procurados por turistas.

O aeroporto mais próximo de Prado é o Teixeira de Freitas, que fica a 72 km da cidade (1 hora e 20 minutos). Do aeroporto você pode ir até Prado de táxi, transfer oferecido pelos hotéis ou carro alugado.

A cidade possui quase 30 km de praias desertas onde é possível observar as falésias que deixam a paisagem ainda mais incrível, além de aproveitar muito sossego e tranquilidade. 

Prado é, ainda, conhecida como a capital oficial das baleias jubarte, por conta do seu principal ponto turístico, o Arquipélago de Abrolhos. O local abriga diversas espécies de animais marinhos, recebe a visita das baleias e é um dos melhores pontos de mergulho do estado.

Quem vai a Prado também se depara com vários festivais ao longo do ano, como o Festival de Gastronomia (outubro), das Orquídeas (dezembro) e do Rock.

6 – Cumuruxatiba



Cumuruxatiba é um distrito do município de Prado que fica no extremo Sul do litoral baiano. É possível chegar na cidade, também conhecida como Cumuru, do aeroporto Teixeira de Freitas, que fica a 110 km, dos quais 30 km são de estrada de terra, um trajeto que dura cerca de 2 horas em veículo terrestre.

A estrada de terra conservou o aspecto pacato do vilarejo de Cumuruxatiba, que também faz parte da Costa das Baleias. Portanto, o local é ainda um paraíso sem muitos turistas. 

As praias, repletas de falésias e coqueiros, são a principal atração do vilarejo. O destaque fica por conta das seguintes praias: 

  • Praia do Píer: de águas calmas e tranquilas, o píer é onde ficam os barcos que são o cartão postal de Cumuru;
  • Barra do Cahy: a 18 km do vilarejo e uma das praias mais bonitas da região, por conta das suas falésias e o encontro do rio com o mar, ficando quase sempre deserta;
  • Praia do Rio Peixe: dividida por dois rios, Peixe Grande e Pequeno, e repleta de vegetação, fica somente a 2 km de Cumuru. 

7 – Corumbau


Corumbau é outro distrito de Prado que fica a 1 hora e meia de Cumuruxatiba por via terrestre, e 2 horas e meia por barco. Se quiser ir direto para Corumbau, a rota mais fácil é descer no aeroporto Teixeira de Freitas e seguir até o vilarejo. 

Na Ponta do Corumbau há uma vila de pescadores de onde saem as embarcações que chegam à região vindo de outras cidades. Ali está também o centro histórico da cidade com sua principal atração: o Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal. 

O parque possui a primeira porção de terra avistada pelos portugueses quando chegaram ao Brasil e é um reduto do ecoturismo, com trilhas, observação de flora e fauna, canoagem, passeio de barco etc.

É na entrada do Parque Histórico que fica a reserva da Aldeia Pataxó Pé do Montel, onde é possível conhecer a cultura e história do povo índigena Pataxó da região. 

A praia da Ponta do Corumbau é belíssima, com piscinas naturais e águas cristalinas, além do encontro do Rio Corumbau com o mar. Corumbau também possui cerca de 3 km de praia deserta para quem busca sossego e tranquilidade. 

8 – Itacaré



Aninhada entre o mar e a serra, a pequena cidade de Itacaré era um paraíso secreto que apenas pescadores e aventureiros conheciam. Mas para a nossa sorte, viajantes brasileiros e estrangeiros descobriram a sua existência!

Atualmente, esse é um dos destinos mais concorridos do trecho do litoral baiano conhecido como Costa do Cacau, por conta da produção do fruto. O aeroporto de Ilhéus é o mais próximo e fica a 75 km da cidade. Dá para chegar em Itacaré de ônibus, que sai do Terminal Rodoviário de Ilhéus, transfer ou carro.

As trilhas de Itacaré, de 20 minutos de caminhada, levam às exuberantes e praticamente desertas praias da Prainha, Engenhoca, Itacarezinho, Jeribucaçu e Havaizinho. A vila também conta com cachoeiras, como a famosa Tijuípe, a cerca de 15 km do centro. 

Restaurantes, bares e lojas localizados na Rua da Pituba ainda fornecem toda a estrutura necessária para quem deseja explorar a região.


9 – Ilha de Boipeba



A ilha de Boipeba pertence ao Arquipélago de Tinharé e faz parte do município de Cairu, possuindo um alto grau de preservação dos seus ecossistemas. Não é à toa que está entre as ilhas mais bonitas do país. 

Para chegar até o arquipélago é preciso pegar um ferry boat em Salvador com destino a Bom Despacho. No mesmo local de desembarque do ferry boat fica o ônibus para Valença, cidade vizinha à ilha. O trajeto entre Valença e Boipeba é feito em lancha e leva cerca de duas horas. 

Note que todo o percurso entre Salvador e Boipeba (ferry boat, ônibus e lancha) dura mais ou menos 5 horas.

Assim como outras ilhas do arquipélago, a principal atração de Boipeba são as suas praias paradisíacas. 

A praia da Cueira é cercada por coqueiros e possui areia fina, com um mar de tom esverdeado e azulado. Ela é ideal para quem busca infraestrutura e sossego, já que conta com alguns quiosques e restaurantes na faixa de areia, mas é praticamente deserta. Para chegar até lá dá para ir caminhando da vila de Boipeba, cerca de 30 minutos, ou contratar uma lancha. 

Já a praia de Moreré é uma das mais bonitas da região e conta com piscinas naturais, mar calmo, maré-baixa, além de ser propícia para a prática de snorkel. Aqui, o encanto fica por conta dos cardumes de peixes e corais coloridos. Ela fica no final da praia da Cueira e dá para chegar lá a pé partindo da Cueira ou quadritáxis, disponíveis para os turistas na vila de Boipeba. 

Além disso, da praia da Boca da Barra, a primeira de Boipeba e a mais próxima da vila, é possível ir até a Ilha de São Miguel e Tinharé, de lancha ou de caiaque. 

Para quem busca uma paisagem mais deserta e fotogênica, a praia de Bainema é parada imperdível. Ela oferece tranquilidade e boa estrutura composta por uma barraca charmosa e mesas ao ar livre, balanços e redes. 

Não acabou: outra parada imperdível é na região da praia de Castelhanos. A água do mar é um festival de cores e tonalidades de azul e verde. O ponto também é ideal para quem busca experiências gastronômicas diferentes, seja no bar flutuante das piscinas naturais ou experimentando os pastéis de frutos do mar famosos do local. Boipeba é o lugar ideal para quem busca praias belíssimas e muita tranquilidade. 

10 – Morro de São Paulo



Também localizada no Arquipélago de Tinharé e no município de Cairu, Morro de São Paulo é o terceiro maior polo turístico da Bahia, estando a apenas 60 km de Salvador. Partindo da capital baiana, é possível chegar até à ilha de barco, ou por meio de uma sequência de lancha rápida, ônibus e barco. 

Ocupada em 1531 pelos portugueses, Morro de São Paulo possui diversos monumentos históricos que recontam a história do Brasil colonial e que valem a pena visitar. A Fortaleza de Tapirandú é um deles, construída em 1630 para proteger a Baía de Todos os Santos e o Arquipélago de Tinharé de invasões. 

Há também a Igreja Nossa Senhora da Luz, padroeira da Ilha de Morro de São Paulo, de arquitetura gótica, construída em 1628 e finalizada apenas em 1845.

Morro de São Paulo tem cinco principais praias. A Primeira Praia de Morro de São Paulo é a que dá as boas-vindas aos turistas e fica mais próxima da vila. Com águas cristalinas, geralmente não fica tão cheia. 

A Segunda Praia de Morro de São Paulo é a mais badalada e recebe mais turistas por possuir bares, restaurantes e um clima de festa. 

A partir da terceira praia, de onde saem as embarcações que fazem passeios para o Arquipélago, elas começam a ficar mais desertas e mais sossegadas. 

A Quinta Praia da ilha é uma das mais bonitas. Conhecida como Praia do Encanto, é um pouco mais afastada de Morro e a maré-baixa forma piscinas naturais de águas cristalinas. Perfeita para quem quer tranquilidade e uma paisagem encantadora.  

Na Ilha, ainda é possível ter uma experiência incrível de aventura. Subindo o morro, onde está o Farol do Morro, usado para sinalização marítima dos portugueses, fica o Mirante Tirolesa, que possui 320 metros de extensão e termina com um mergulho na Segunda Praia. 

Morro de São Paulo é um destino que oferece uma experiência histórica e natural inesquecível para os viajantes. 


Materia Por: https://www.maxmilhas.com.br/











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas

google-site-verification=5fPgT_lzApadpsOeeBNkEccyZJjMFxnIBMWdXxnO7cU